Além da mídia social

Como ter sucesso no crowdfunding

Colocar uma boa ideia para funcionar e conseguir impactar pessoas é a realização do sonho de qualquer empreendedor, o crowdfunding — financiamento coletivo — é uma das maneiras para chegar ao resultado buscado e que vem sendo muito utilizada por todo tipo de negócio.

Há quem procure esse modelo de financiamento para tirar do papel peças de teatro, documentários, livros ou outra proposta ligada à cultura, o uso mais comum no Brasil, porém não há regras ou limites.

crowdfundingNos Estados Unidos é comum ver grupos pedindo recursos para jogos, invenções para facilitar o cotidiano e, também, campanhas políticas.

Na política o caso mais conhecido é o de Barack Obama, candidato democrata que deitou e rolou com seu sistema de captação para suas campanhas à presidência. Em 2012, mais de U$ 600 milhões foram arrecadados utilizando uma estratégia baseada em pequenos doadores.

Assim como nos projetos tradicionais, Obama “premiava” seus doadores com mimos, como a chance de participar de um jantar na casa de George Clooney, um dos que mais atraíram doadores.

É fato que as campanhas brasileiras estão muito distantes das estadunidenses, mas há algumas iniciativas de destaque como a de Bel Pesce, que arrecadou quase R$ 1 milhão para financiar um tour de palestras. O projeto Fixando Raízes WinBelemDon obteve R$ 400 mil para financiar a compra do terreno onde está sua sede. Um jogo chamado Caçadores da Galáxia, com cerca de R$ 200 mil foram arrecadados.

Não importa a finalidade — política, produto ou projeto — alguns fatores permeiam o sucesso ou o fracasso no engajamento de uma ação de financiamento coletivo:

  • Uma ideia com potencial de engajamento
  • O desenho do projeto
  • Um sistema de bonificação ou recompensas para pequenos doadores
  • O planejamento das ações de arrecadação
  • A escolha correta da plataforma e do modelo de arrecadação
  • A presença em mídia social
  • Uma comunicação segmentada

Leia também:

Como ter sucesso no crowdfunding – Parte 2

Marcelo Vitorino

Marcelo Vitorino

Flipboard

Professor na ESPM e consultor de comunicação e marketing digital, Marcelo Vitorino reúne experiência no marketing corporativo, eleitoral, institucional e político.

leia mais

Mais artigos do autor:

Propondo parcerias para produtores de conteúdo digital: target e influenciadores Leia mais

16 de janeiro de 2012

Marcelo Vitorino

Agências ainda não entenderam os novos formatos para ações, tropeçam na abordagem e deixam os clientes confusos. Entenda melhor os influenciadores digitais.

Vale a pena ter um blog corporativo? Leia mais

08 de fevereiro de 2012

Marcelo Vitorino

Ao tratar blogs como canal de comunicação de modo profissional, os resultados valem o investimento na produção e publicação do conteúdo

Artigos Relacionados:

A ideia do aplicativo Sarahah é que as críticas e tenham impacto positivo Leia mais

10 de janeiro de 2018

Ana Eliza Oliveira

Febre do momento ou não, o fato é que nada impediu que o Sarahah se tornasse o aplicativo de mensagens mais baixado no Brasil em menos de uma semana.

self direitos autorais Leia mais

21 de setembro de 2017

Felipe Pierozan

A selfie tirada pela macaca vem gerando controvérsias sobre a autoria e titularidade. Afinal, pode um animal ser detentor de direitos autorais?